Volte ao SPIN

SPIN01 SPIN02 SPIN03 SPIN04 SPIN05 SPIN06 SPIN07
SPIN08 SPIN09 SPIN10 SPIN11 SPIN12 SPIN13 SPIN14
SPIN15 SPIN16 SPIN17 SPIN18 SPIN19 SPIN20 SPIN21
SPIN22 SPIN23 SPIN24 SPIN25 SPIN26 SPIN27 SPIN28
SPIN29 SPIN30 SPIN31 SPIN32 SPIN33 SPIN34 SPIN35
SPIN36 SPIN37 SPIN38 SPIN39 SPIN40 SPIN41 SPIN42
SPIN43 SPIN44 SPIN45 SPIN46 SPIN47 SPIN48 SPIN49
SPIN50 SPIN51 SPIN52 SPIN53 SPIN54 SPIN55 SPIN56
SPIN57 SPIN58 SPIN59 SPIN60 SPIN61 SPIN62 SPIN63

SPIN64 SPIN65 SPIN66 SPIN67 SPIN68 SPIN69 SPIN70
SPIN71 SPIN72 SPIN73 SPIN74

segunda-feira, 11 de junho de 2012

66, Mensário Poético=Patológico de Júpiter ( o autor nasceu no dia 66 de urano)

Eu irreal?
Muito pelo contrário, sou mais ligado na realidade, não apenas uma, mas 
toda a realdiade, não apenas a realidade material, como também a 
espiritualidade e a sexualidade. E vocês que ficam o dia todo sem nada 
fazer. Quando digo, sem nada fazer, é não fazer, vocês mesmo, sua obra 
prima. Faça uma obra como esta que estou fazendo. Vá blog do Fernando 
Rodrigues no portal UOL. Tome posse de um dos seus arquivos, assim como um 
pássaro, um indivíduo animal que, marcando=demarcando seu território, não 
permite invasão. Se todo você for derrotado(a) pelo(a) intruso(a) procure 
outro galho=arquivoi=armário e, construa ali, seu novo ninho. E assim por 
diante. Comece hoje O tempo começou a ser contado desde as 9:23 horas do dia 
29/03/2006, ou seja, 1 de marte do ano 777.777, momento do eclipse solar 
total, quando o mundo ficou assim:espírito=sexo=matéria,leia-se 
sol=lua=terra.Neste momento, Idéia voltou. Veja as imagens das pessoas 
olhando para o céu=solo=solo no momento daquele eclipse=insulfilme

05/04/2006 10:58



[jose carlos lima] [jose.carlos.lima@hotmail.com] [Goiânia - Rio Meia 
Ponte]
8. Fiquei a contemplar aquela árvore seca cujos galhos, por se tratar de uma 
árvore frondosa, ocupavam todo o interior do quarto=planeta. Fui ao 1,99 
reais=dólares e comprei uma boneca destas de tamanho natural. E também uns 
novelos de lã branca. Transformei os longos fios em cabelos para aquela 
boneca. Arranquei a cabeça da boneca e preguei num dos galhos daquela 
árvore. Depois arrancei os braços, pernas e membro, de forma que aquele 
corpo ficou ali, fragmentado. Os cabeços bonitos batiam do ceú ao teto, 
lembrando Rapunzel. Pois foi esta obra que estragou meu casamento=parceria 
civil com Alessandro, spin motoqueiro, humano. Não se trata deste citado em 
espaço anterior=posterior. Era outro. Até hoje sou apaixonado por ele. Mas 
ele ficou traumatizado com minha obra, no fundo no fundo achou que era 
portador de algum desvio mas, na verdade, não sou. Sonhando, vi a frase 
"Caia na Real." Eu sei disso. Eu não sou desconectado da realidade como 
muitos imaginam.

05/04/2006 10:49




[jose carlos lima] [jose.carlos.lima@hotmail.com] [Goiânia - Rio Meia 
Ponte]
8. Este espaço onde moro está mais para escritório=ateliê do que para um 
lugar digno de ser visitado=habitado por alguém. Sem comentário. Um spin 
amante rompeu o relacionamento ao imaginar que sou portador de alguma doença 
mental leia-se esquisofrenia, THDA, transtorno bipolar do humor, compulsão 
etc ao me ver através da minha casa. Estávamos deitados na cama e ele ficou 
com medo de ser morto pela queda de uma árvore. Como assim, se estávamos 
dentro de um apartamento? É que, como fruto=resultado deste meu processo 
narrativo, fui ao Bosque do Mutirama. Lá havia uma árvore no chão, um 
pé=nascedouro de jequitibá. Como a árvore era muito pesada, paguei um 
caminhão=guincho para transportá-la aqui pra casa. Foi um trabalhão pra 
subir com esta árvore nas costas. Firmei o tronco da árvore no chão ( sem 
furar o piso) e um dos galhos no teto. Não acreditei quando vi que a árvore 
ficou ali: firme. Como se tivesse sido feito pra ficar ali.

05/04/2006 10:42



[jose carlos lima] [jose.carlos.lima@hotmail.com] [Goiânia - Rio Meia 
Ponte]
8. Será que, com esta minha mania=doença que me leva a ficar 24 horas 
escrevendo=olhando=sendo alguém vai querer conviver comigo? Quem põe os pés 
aqui em casa não quer voltar, a não ser prá me matar. Por isso não trago 
ninguém aqui em casa. Prá que existe cinema com salas especiais, como aquele 
da Rua 9, o Astor, e o da Rua 7, o Cine Havana? Prá que existe hotel=motel? 
Necessito de três espaços, um para onde somente eu e mais ninguém possa 
entrar, para ficar a sós comigo mesmo, como agora, neste momento, o espaço 
chamado espiritualidade; um outro espaço para ficar com alguém, o espaço 
chamado sexualidade, aqui o spin amante pode entrar; e um terceiro 
espaço=casa onde todos, amigos, familiares, toda a cidade possa 
entrar=olhar=ser. Não pode haver esta confusão de espaços=vivências. Isto é 
viver a espiritualidade, a sexualidade e a matéria=sociabilidade em sua 
plenitude.

05/04/2006 10:35



[jose carlos lima] [jose.carlos.lima@hotmail.com] [Goiânia - Rio Meia 
Ponte]
8. Demorei um pouco para voltar. Era o Alencastro, spin amante, humano, ao 
telefone. Todos os dias ele me liga neste horário para saber como estou? Se 
é namoro antigo? Não. É só o começo. Sou tão ruim para continuar 
relacionamentos. A apresentadora de ontem, na MTV, respondendo a uma 
telespectadora, disse que não se pode sufocar=cercar a pessoa com propostas 
de casamento=parceria civil=religiosa=afetiva. Claro. Homem gosta é de 
liberdade. A paixão se dá por um pedaço da gente: o rosto ou o sorriso ( 
muitas vezes falso=artificial=forçado) ou o pé ou os cabelos ou a voz ou as 
genitálias. Depois, com a convivência, se percebe que o outro é um 
todo=problema=defeito. Aí se acabam os casamentos=convivências. Há quem 
goste, mais em você, da sua atividade profissional. Os=as funcionários(as) 
da Justiça Federal são muito cobiçados. Já notei isso. Se sou funcionário da 
Justiça Federal? Não. Trabalho para uma spin seguradora, pessoa jurídica. 
Tudo isto é normal. Pra ficar ansioso(a) pra relaciona

05/04/2006 10:27



[jose carlos lima] [jose.carlos.lima@hotmail.com] [Goiânia - Rio Meia 
Ponte]
8. Tenho muitas tarefas a cumprir. No momento são 10:00 
horas=minutos=segundo=graus. Daqui a pouco tenho que bater o relógio de 
ponto taylorista=escravista. Ontem à tarde foi um sufoco de tanto serviço. 
Saí morto de cansado. Daqui a pouco tenho que retornar ao trampo=batente. O 
que mais fiz ontem? Entrei no google com as palavras que haviam sido 
apreendidas=aprendidas em sonhos da noite anterior=posterior. Como eu havia 
sonhado com o termo "espaço e" entrei com esta pesquisa=busca no Google, 
spin enciclopédico, pessoa jurídica. O resultado da pesquisa foi Antonin 
Artaud, spin visionário, humano: visão - forma - conhecimento. Depois entrei 
com outro termo com o qual eu havia sonhado "proclamação da república" 
ocorrida em 1989, no ano 666.651 no novo calendario=tempo. Aí vi que a mídia 
daquela época é a mesma de agora. Os fatos ocorrem mas a versão da mídia se 
sobressai sobre os fatos reais.

05/04/2006 10:07



[jose carlos lima] [jose.carlos.lima@hotmail.com] [Goiânia - Rio Meia 
Ponte]
8. Sou que tipo de caráter=personalidade? Sou tudo aquilo que você for capaz 
de imaginar=olhar=ser. Nem sei o que sou. Uma vez uma pessoa me perguntou de 
que planeta eu vim. Daqui mesmo. Não sou de fora. Sou daqui. Quero cair na 
real. Não posso continuar em órbita. Num sonho, acerca de ET = Extra 
Terrestres, vi um deles=ovini no céu. E a respeito daquela presença foi dito 
o seguinte: "eu não tenho consciência, eu sou a consciência.". Você entendeu 
o sentido desta frase, uma resposta às dúvidas sobre os ET? Os sonhos tem 
caráter cognitivo. Outros são serevem à contemplação. Outros à estéticas. 
Outros reflexo do momento presente=passado=futuro. Não estou a fim de entrar 
neste assunto agora. Não sou cientista. Isto é um spin =sistema 
poético=patológico informativo nato. Isto não é um tratado de ciências 
políticas=sociais=biológicas etc

05/04/2006 09:59



[jose carlos lima] [jose.carlos.lima@hotmail.com] [Goiânia - Rio Meia 
Ponte]
8. As coisas são ditas assim na bucha. Até tive inveja dela. Não tenho toda 
esta liberdade de me expressar=extravasar=olhar=ser. Sei lá, este blog não é 
meu. O dono do blog, o Fernando Rodrigues, spin jornalista, humano, pode 
deletar o espaço=momento anterior=posterior por causa da 
impropriedade=inoportunidade. Quem dera se eu tivesse tido uma mãe como 
aquela apresentadora. Se ela é vulgar? Não. Claro que não. Trata-se apenas 
de uma pessoa livre para dizer as coisas que existem e que, para muita 
gente, deve=pode continuar debaixo dos panos. Nota 10 para o programa. 
Parabéns a MTV, spin verbalizadora=educadora, pessoa jurídica. Se dei 
vontade de ligar? Se naquele momento tinha uma queixa a apresentar? Não. Mas 
aprendi bastante. Que bom se os pais=mães não tivessem esta bobagem=medo que 
os leva a ocultar o que existe, o que há de mais belo, o amor=sexo. Não 
apenas o sexo mas, principalmente, o amor,o cuidar do outro, o sorrir 
juntos, a audição mútua, assim como Eu & Alessandro nesta noit

05/04/2006 09:53



[jose carlos lima] [jose.carlos.lima@hotmail.com] [Goiânia - Rio Meia 
Ponte]
8. O que ouvi=vi quando liguei a MTV? Um rapaz ligou para a apresentadora. 
Ele ( meio sem jeito): eu gosto de sexo oral. Ela ( apresentadora): de fazer 
e receber? Ele: sim. Ocorre que as coisas não estão indo muito bem. Ela não 
gosta que eu use a lingua. Quando é ela em mim, ela passa os dentes naquilo. 
E os dentes dela são bem afiados. Alem disso ela aperta meu saco. Ela ( a 
apresentadora ): olha, diz para ela proteger a os dentes com a língua. Não é 
só gostar. Tem que aprender fazer. Ela está precisando aprender. ....... FIM 
DA APRESENTAÇÃO.........

05/04/2006 09:46



[jose carlos lima] [jose.carlos.lima@hotmail.com] [Goiânia - Rio Meia 
Ponte]
8. Num sonho, vi Nerfertiti, spin deusa, humana, seu corpo enfeitado sendo 
exposto=velado na Praça do Bandeirante. Num outro sonho, vi o seguinte 
poema=frase, de Osiris, spin deus, humano=divino, para Isis, spin deusa, 
humana=divina: minha deusa Isis. 
............................................. Nem sei porque estou dizendo 
isso. Nada a ver com o meu velório. Vou pagar o Auxílio=Seguro Funeral para 
ter um velório personalizado, conforme vi no sonho. O meu rosto e o meu sexo 
oculto. Idéia Sem Rosto. Idéia Sem Sexo. Falando em sexo, ontem, quando 
cheguei da rua, liguei na MTV, spin verbalizadora, pessoa jurídica. Não 
gosto muito da MTV, os clipes são muito diversifados, não há uma linha. Por 
volta de zero hora de ontem para hoje, 4 para 5 de abril, 14 para 15 de 
júpiter, gostei muito de um programa sobre educação=orientação sexual. A 
apresentadora diz as coisas na bucha=instante. Sem meias palavras. Sem este 
medo incutido por nossos pais=avós=bisavós. Nota 10 para a apresentadora.

05/04/2006 09:41



[jose carlos lima] [jose.carlos.lima@hotmail.com] [Goiânia - Rio Meia 
Ponte]
8. No momento são 09:28. Tenho coisas a fazer. Uma obras de arte para 
presentear=agradar=agradecer ao spin cantor; arrumar a casa; lavar umas 
roupas; se alimentar; são tantas coisas por fazer!!!! além disso não posso 
ficar 24 horas escrevendo porque tenho problema de hemorróida=varizes. Dizem 
que tem estes problemas corre risco de ataque cerebral=cardíaco. Uma senhora 
que morava lá na Vila Nova levantou cedo. Foi ao quintal pegar uns 
capins=erva cidreira para fazer um chá. Já caiu morta. Queria tanto morrer 
assim! De repente. Sem ver a morte. Se vou querer ser enterrado no sepulcro 
coletivo=familiar construído por meu pai? Não sei. Se eu morrer antes dele, 
claro que não posso contrariar a vontade dele. Caso ele morra primeiro, 
estarei livre para ser velado onde=como quiser: ali numa ilha da 
fantasia=realidade que fica no interior do Bosque do Parque Botafogo. Serei 
velado como Idéia Sem Morte. Vi isto num sonho. Um grupo de artistas 
transformando o meu corpo cadáver em escultura

05/04/2006 09:35



[jose carlos lima] [jose.carlos.lima@hotmail.com] [Goiânia - Rio Meia 
Ponte]
8.Depois, já sabendo que Ney Matogrosso era nome de homem, ele voltou para 
se apresentar aqui em Goiânia - Rio Meia Ponte. Por volta de 15:00 horas, 
fui ver o ensaio. Como eu não tinha um centavo no bolso, me escondi dentro 
do banheiro do Jóquei Clube de Goiás. Fiquei ali das 15 às 21:00 horas. 
Ainda bem que o spin cantor é pontal. Exatamente às 21:00 horas ele entrou. 
E eu sai. O fiscal me viu e me achou estranho eu maltrapilho em meio aquele 
povo de terno. Fiz-se de bêbado=doido ai ele me deixou quieto. No meio da 
multidão, pude assisti ao show do spin cantor. Acho que esta mania de 
comprar presentes para ele é uma forma de pagar aquele ingresso. Aquela 
falta de ética da minha parte. Uma espécie de pena. Autopunição.

05/04/2006 09:27



[jose carlos lima] [jose.carlos.lima@hotmail.com] [Goiânia - Rio Meia 
Ponte]
8. Naquela época não havia televisão, spin verbalizadora, pessoa jurídica. 
Eu gostava muito da música Sangue Latino. Cantava o dia todo achando que Ney 
Matogrosso era nome de mulher. Mesmo aqui em Goiânia, quando ouvia a música 
O Tic Tac do Meu Coração achei que era voz de mulher. Levei um choque quando 
vi que Ney Matogrosso era homem. Como fiquei sabendo? Quando ouvi a música 
Homem com H. Até então eu não o havia visto. Ai fui vê-lo num show do 
Festival do Colégio Objetivo no Estádio Serra Dourada. Na mesma noite se 
apresentou também a Elis Regina, spin cantora, humana. Vi que era homem 
memso. Ele se apresentou como Homem com H. Não sei onde eu estava com a 
cabeça para, durante tanto tempo, achar que Ney Matogrosso era nome de 
mulher. Às vezes desconfio que falta um parafuso=neurônio na minha 
cabeça=olho=ser

05/04/2006 09:23



[jose carlos lima] [jose.carlos.lima@hotmail.com] [Goiânia - Rio Meia 
Ponte]
8. Após me despedir do Alex, spin insufilme, humano, fiquei me lembrando dos 
cartões que ele me mostrou. Pensei: será que ele gosta mais destes cartões 
ou da namorada dele? Não quis me vender o cartão, da série frutas, o de 
número 3/10 da Telemar. Tinha uma foto de uma pinha. Quis comprar para dar 
de presente para o Ney Matogrosso. Não vendeu. Disse que só poderia vender 
se tivesse repetido. Tinha uma série de cartões de todos os planetas. Tinha 
o de Júpiter, o mês no qual nasceu o Ney Matogrosso, dia 1 de agosto - 53 de 
júpiter de 1941= na verdade o ano 777.777. Ele nasceu neste ano de 777.703 
e, no ano 777.733 (1973 ) fez muito sucesso com conjunto Secos & Molhados. 
Me lembro. A música "O Vira" era cantada=dançada na Igreja, na Semana da 
Amizade, lá em Sambaíba = Rio Balsas.

05/04/2006 09:15



[jose carlos lima] [jose.carlos.lima@hotmail.com] [Goiânia - Rio Meia 
Ponte]
8. Eu: o que você está fazendo aqui=parado? Ele: esperando minha namorada. 
Eu: quando ela chegar vocês vão prá onde? Ele: pra Trindade? Eu: você mora 
em Trindade? Eu: nossa, adoro Trindade. Todos os anos vou na romaria do 
Divino Pai Eterno. Cara, tenho que ir. Tchau. Ele: tchau!

05/04/2006 09:10



[jose carlos lima] [jose.carlos.lima@hotmail.com] [Goiânia - Rio Meia 
Ponte]
8. Depois de me despedir de Lula na Praça A fui para a Praça B, leia-se 
Praça da Bíblia, depois da Praça do Bandeirante. Na Praça B, havia um rapaz 
com uma bolsa=mala preta. Eu ( spin curioso ): o que você carrega dentro 
desta mala? Ele (abrindo a mala): são cartões telefônicos. ( E me mostra o 
conteúdo da mala). Fiquei encantado. Não sabia que havia tantas imagens 
bonitas gravadas nestes cartões telefônicos. Nos antigos, pois nos novos só 
vem propaganda de loja. O nome dele é Alex. Ele me deu o número do telefone 
da loja dele: 62-3282-2501. Eu: a sua loja mexe com que? Ele: com 
insulfilme. Eu: sabe que eu estou querendo escurecer meu quarto=planeta? No 
dia do eclipse solar ficou escuro=penumbra. Quero naquela tonalidade. Ele: é 
só me ligar. Eu: qual a sua idade? Ele: 19 anos. Eu: você é de qual cidade? 
Ele: Colinas. Antigamente era Goiás. O Estado foi dividido. Agora lá é o 
Tocantins. Eu: eu tenho parentes lá, conheço Colinas de passagem. Você tá 
fazendo o que aqui agora?

05/04/2006 09:06



[jose carlos lima] [jose.carlos.lima@hotmail.com] [Goiânia - Rio Meia 
Ponte]
8. Eu & Lula. Eu: você tá trabalhando, Lula? Ele: Não. Eu: você é tão 
inteligente! Lembro de você esbravejando contra o capitalismo. Ele: Pois é. 
Não mudei. Continuo com o mesmo pensamento. Ainda mais conviccto acerca do 
quanto é maléfico este capitalismo. Eu não tenho dentes. Estou desempregado. 
Ele: você se formou? Em direito e artes visuais. Eu: você tem um potencial 
de conhecimento muito grande. Porque não dá aula? Você é formado em que? 
Ele: em nada. Pelo seu arcabouço de conhecimento e por seu interesse pela 
leitura, por seu linguajar, pelo seu interesse pelos livros, achei que você 
fosse formado em algum curso superior. Porque não faz licenciatura e começa 
a dar aulas então? Ele: não dou conta de pagar a faculdade. Eu: tem 
faculdades públicas. Ele: quero fazer direito. Eu: Lula, tenho que ir. Anota 
aí meu telefone. Me liga depois. Dou um jeito de entregar seus livros. Levo 
onde você estiver. Você pode ir lá em casa, se quiser. Está aqui o meu 
endereço e o número do telefone.

05/04/2006 08:58



[jose carlos lima] [jose.carlos.lima@hotmail.com] [Goiânia - Rio Meia 
Ponte]
8. No momento anterir=posterior onde está escrito leni leia-se leninista. O 
nome do livro que o Lula me emprestou há uns 30 anos atrás e agora quer de 
volta: Fundamentos da Estética Marxista - Leninista. Edições Progresso. 
Moscovo. 1982. Tradução de Iu. Mélnikov. Escrito em 1978 e traduzido para o 
português em 1982. Impresso na URSS, leia-se União das Repúblicas 
Socialistas Soviéticas. Capitulo 1. Estética Como Ciência e Como Ideologia. 
§ 1. O objecto e a estrutura da estética marxista-leninista. A estética 
marxista-leninista é um sistema dos conhecimentos, em desenvolvimento, sobe 
a natureza e a essência do belo e do feio, do sublime e do vil, do trágico e 
do cómico na realidade e o seu reflexo na consciência do homem e na arte. A 
estética marxista-leninista é uma ciência filosófica (...), a relação entre 
matéria e consciência - que, na estética, se apresenta como a questão da 
relação entre a consciência estética e a realidade." Um momento. O telefone 
toca. Quem? Manoel, de Indiara.

05/04/2006 08:49



[jose carlos lima] [jose.carlos.lima@hotmail.com] [Goiânia - Rio Meia 
Ponte]
8. Voltando ao assunto dos livros, toquei fogo sim na biblioteca. Passava o 
dia todo escrevendo e, do amontoado de escritos brotavam formas objetos 
instalações bandeiras que eu levava para o spin médico não aquele tirano mas 
outro. Os objetos=criações ficavam no consultório, ali distanciados para 
que, distanciado=separado, entendesse a obra. Quando entendia=compreendia 
retornava ao consultório, pegava as obras e destruia. Criação e destruição. 
Ciclo permanente. Idéia Sem Fim. Idéia Sem Armário. Idéia Sem Parede. Ah, 
havia prometido que iria verificar se os livros do Lula ainda estão comigo, 
ou seja, se foram salvos da fogueira. São tantos livros nesta 
estante=instante! Pura decoração=enfeite. Não seria melhor lê-los para 
enfeitar meu espírito=alma ao invés de servirem para decorar? Eu ( 
vasculhando os livros). No momento são 08:33. Volto já. Voltei. Agora são 
08:34. Achei um dos livros do Lula, spin desempregado=desdentado, humano, o 
nome da obra é Fundamentos da Estética Marxista-Leni

05/04/2006 08:36



[jose carlos lima] [jose.carlos.lima@hotmail.com] [Goiânia - Rio Meia 
Ponte]
8. Falando nisso, um momento... Vou ver se os livros do Lula, spin 
desdentado=desempregado=expulso da polícia, ainda estão aqui. é que há uns 
15 anos atrás me estressei com minha biblioteca e toquei fogo em todos os 
livros. Eu morava na Rua 202 na Vila Nova. Foi a noite toda aquele fogueira. 
A dona do barracão onde eu morava achava que eu estava com problema de 
cabeça por ter tomado aquele gesto. E também porque ficava o dia todo em 
cima de um pé de jabuticaba. Ela não gostava. As jabuticabas eram delas. 
Proibido, não subi mais no pé=nascedouro de jabuticaba e, dentro de uma 
semana, o pé de jabuticaba adoeceu=morreu=foi. Deu uma praga=fungo. Ficou 
todo branco. As jabuticabas foram envolvidas por uma maçaroca. Bem feito. 
Nem eu nem ela. A jabuticabeira simplesmente morreu de tanto desgosto, tanta 
perdição neste mundo.

05/04/2006 08:28



[jose carlos lima] [jose.carlos.lima@hotmail.com] [Goiânia - Rio Meia 
Ponte]
8. Ainda no canto anterior, ou seja, ontem, após nos depedirmos, o amigo A 
foi jogar baralho, ele é viciado em bingo=jogos. Ele: vamos prá lá. Eu: deus 
que me livre daquele ambiente sufocante=esfumaçante. Não vou. Além disso, no 
fundo no fundo, me lembrei que uma das leis da integralidade=perfeição diz 
que jogos e, mesmo assim beneficientes=beneficentes, somentes aos sábados, 
dia de festa=sábaco=baco. Por isso não fui. Nos depedimos. Peguei o 
ônibus=metrobus em direção a Praça A. Ali me encontrei com Lula, outro velho 
amigo. Engraçado, ontem foi o dia de encontrar os amigos que haviam sumido. 
Sempre gostei do Lula. Ele trabalhava na polícia de onde foi expulso por 
desvio de conduta. Ele ( correndo para me abraçar): oi, Fulano! Eu (feliz): 
oi, cara, que bom ter te encontrado. Tanto tempo! Há mais de 10 anos a gente 
não se vê! Ele: pois é... você some! Você ainda tem aqueles livros que te 
emprestei? Eu: tenho sim. Vai lá buscar. ( Ficou combinado.A qualquer hora o 
Lula chega aqui em casa

05/04/2006 08:23



[jose carlos lima] [jose.carlos.lima@hotmail.com] [Goiânia - Rio Meia 
Ponte]
8. Este é o oitavo canto=espaço=quadrante de Júpiter. O que estou dizendo 
com isso? Que hoje são 8 de júpiter, 5 de abril no velho calendário. O spin 
cantor estará aqui no 11º canto de jupiter para apresentar o show canto em 
qualquer canto magnífico=masgistral o divina presença do feminino no 
masculino e vice-versa. Como estou? Feliz. Um pouco preocupado com minha 
aparência. Meus cabelos estão por cortar. Minhas roupas por lavar. A casa 
por limpar. Tanto isto é verdade que até rimou=combinou tudo. O que fiz 
ontem a noite? Depois de usar o supositório anal=retal contra 
varizes=hemorróida peguei o ônibus encontrei-me com um amigo de longa data, 
desde a infância=juventude, ele é soropositivo eu soro interrogativo de um 
ano prá cá pois fiz o exame há um ano e deu negativo graças ao spin deus e 
preciso repetir o exame para chegar ao "agora sei." Passeamos pelo centro da 
cidade, sentamos num bar e conversamos=sorrimos bastante e tomamos açai com 
mel e banana, uma delícia!!!!

05/04/2006 08:16



[jose carlos lima] [jose.carlos.lima@hotmail.com] [Goiânia - Rio Meia 
Ponte]
7. No momento são 18:46. Vou sair agora. Porque? Tenho ficado muito tempo 
escrevendo e tenho problema de varizes=circulação=hemorróida. Comprei um 
supositório. Vou ao banheiro introduzir=colocar o supositório=calmante 
anal=retal. Mas antes de zero hora posso voltar, até mesmo porque o dia de 
hoje só acaba às 24:00 horas. E posso não voltar. Não tenho nenhuma 
obrigação. Preciso consultar um proctologista, talvez uma ciruriga de 
hemorródia, um implante dentário, uma cirurgia de miopia, a retira de pelos 
por laser. E uma reforma no meu apartamento. Está um lixo. Prciso comprar um 
carro para passear com o Alencastro, spin amante, humano. Mereco tudo de 
bom. Minha auto-estima está ótima. Quem disse que não mereço? O pastor? 
Claro que mereço? Que ele cuide da vida privada=íntima dele. Eu cuido da 
minha. Que ele continue faturando muita grana e, com muita grana, faça muito 
sexo com as mulheres mais belas=gostosas do mundo. É isso que buscam estes 
pastores. Hipócritas! Vadios!Procure sua turma

04/04/2006 18:52



[jose carlos lima] [jose.carlos.lima@hotmail.com] [Goiânia = Rio Meia 
Ponte]
7. O que mais me assustou na cidade=urban? Um carro=nave. Eu estava na casa 
de um tio. A minha mãe que, como de costume estava grávida de mais um. Somos 
12, sendo 11 legítimos=genéticos e um adotivo. Ela fez cirurgia para não ter 
mais filhos. Ficou com dó do Giovane, nascido quadrigênio de pais que não 
dariam conta de criá-lo=olhá-lo=sê-lo. Completou a dúzia: os 12 apóstolos. 
Meu pai já cavou=construiu nossa sepultura lá em Sambaíba-Ma. E fez uma 
capela. Fica trancada. Foi construida há mais de 10 anos. Mas até agora não 
foi inaugurada. Ele tirou uma foto ele de braços cruzados no fundo do 
sepulcro. Quer todos ali: reunidos. E como temos nome de santos, ele colocou 
lá fotografias de São José (eu), São Raimundo ( irmão mais velho), Dom 
Bosco, Santo Antônio, Santa Anastácia, São Carlos Lwanga ( Santo Africano ), 
Nossa Senhora de Fátima, etc. São tantos os santos=irmãos=irmãs, que não 
consigo relacionar todos. Estou cansado. Trabalhei muito hoje. Cansado 
fisicamente mas preservado em alma

04/04/2006 18:46



[jose carlos lima] [jose.carlos.lima@hotmail.com] [Goiânia - Rio Meia 
Ponte]
7. Voltando à vida rural, na travessia, devido ao excesso de peso, a canoa 
começou a afundar. Ninguém sabia nadar. Todos naquele mar=imensidão de água 
barrenta. O rio estava cheio. Era começo do ano letivo. Hoje me pergunto 
porque como não morremos. Se havia salva-vidas? O que é isso? Esta pergunta 
é que seria feita naquele momento. Ignorância=irresponsabilidade total. 
Graças à maestria do canoeiro, não morremos=olhamos=fomos naquela momento: a 
canoa afundou já perto da terra firme.

04/04/2006 18:36



[jose carlos lima] [jose.carlos.lima@hotmail.com] [Goiânia - Rio Meia 
Ponte]
7. Adoro subir a serra. Lá no alto tem uma cruz. Dias, atrás, num exercício 
de relaxamento com a spin médica ela me pediu para mentalizar e 
mentalizei=olhei=fui=vi aquela serra. Ela me perguntou o que havia no alto e 
eu disse. Uma cruz. Isto me incomoda. Muito pesada. Carrego uma cruz dentro 
de mim. Preciso me libertar disso. Não sei o que é isso. Num outro momento, 
num exercício de relaxamento com outro spin médico vi-me subindo um rio. Na 
nascente do rio, plantas=tubérculos. Ali chegaram soldados romanos. Ele me 
deram de presente o cadáver de uma criança que eles mataram=olharam=foram. 
Todos aqueles soldados, paramentados como romanos, prendaram Idéia=Jesus e 
pregaram-no cruz: Deiscência Pregada na Cruz. Neste fim de semana, sem 
saber, fui levado à Igreja Nossa Senhora de Lourdes na Vila Jaraguá que fica 
encrustada na Nova Vila, perto do Parque Agropecuário. No alto da Igreja 
fiquei a observar uma cruz cujo formato até então não tinha prestado 
atenção: um sinal de diferença.

04/04/2006 18:32



[jose carlos lima] [jose.carlos.lima@hotmail.com] [Goiânia - Rio Meia 
Ponte]
7. Sambaíba é o nome da cidade que considero como minha cidade natal embora 
no registro=identidade conste como sendo Loreto - Rio Balsas porque a 
Bananeira ficava no município daquela cidade mas minha relação era mesmo 
total com Sambaíba. Até hoje amo a minha cidade. É margeada-banhada pelos 
rios Balsas e Neves. Tem também o Riacho Sucupira. Tem uma serra 
magistral=alucinante e, caindo da serra, um riacho onde adoro tomar banho a 
sós, despido. Uma delícia. Que saudade!!!! Claro, já tomei banho acompanhodo 
por um homem. Desbravamo-nos.

04/04/2006 18:26



[jose carlos lima] [jose.carlos.lima@hotmail.com] [Goiânia - Rio Meia 
Ponte]
7. Levei um choque quando vi aquela imensidão de água. Durante a travessia 
por um triz não morremos afogados pois meu pai só tinha um 
cruzeiro=real=dólar para pagar o canoeiro. Daí todo mundo na canoa, as 
pessoas, os bichos e os sacos de farinha=arroz=milho. E muitas panelas de 
barro=cerâmica. A cidade tinha=tem uns três mil habitantes incluido a área 
rural. Mas para mim aquilo era uma metrópole. Tudo grande. Os homens tomavam 
banho pelados num porto, o "porto dos homens."

04/04/2006 18:22



[jose carlos lima] [jose.carlos.lima@hotmail.com] [Goiânia - Rio Meia 
Ponte]
7. Hoje, até zero hora, são 7 de marte, primeiro mês do ano de 2006=666.666. 
Este mês começou no dia do eclipse solar total quando o sol=lua=terra, 
quando espírito=sexo=matéria. Esta lan house=café byte está lotada. Estou na 
mesa 13. Jovens gritam. Jogam. Se sou jovem. Sim. Sou Idéia Sem Idade. Não 
tenho idade=tempo. Nasci 8 h do dia 7 de janeiro de 1959 na bananeira. 
Bananeira é o nome do lugar=fazenda onde passei a infância. Um lugar 
inóspito. Tudo seco. Fica encrustado entre os rios Balsas e o Parnaíba. 
Perto de Ribeiro Gonçalves - Rio Paranaíba. Perto também de Sambaíba - Rio 
Balsas. Depois de começar o estudo primário, meu divino=feminino pai nos 
levou para Sambaiba - Rio Balsas para, ali, estudarmos. Na mudança da 
bananeira para sambaíba tivemos que atravessar o rio que banha sambaíba. O 
rio estava cheio. Éramos uns 9 irmãos e mais os pais e uns bichos como por 
exemplo um porco e uma cotia que morreu na estrada mas, mesmo assim, não 
foram jogados fora. Comemos.

04/04/2006 18:18



[jose carlos lima] [jose.carlos..lima@hotmail.com] [Goiânia - Rio Meia 
Ponte]
7. Que horas são? 18:07. Onde estou agora? Num café byt=net na rua 7 em 
goiânia - rio meia ponte. Tô mundo cansado. Tarde de trabalho exaustivo. 
Trabalho braçal. Cansado mas feliz. Pronto para rodar o mundo 3 vezes. 
Entrar em órbita e, assim como Marcos Pontes=Yuri Gagarin, spin 
astronauta=internauta, humano, escrever lá de cima. Ausência de gravidade. O 
homem vai prá tão longe. Constroi naves de ferro e foge daqui. Mas ele 
retornára. E numa scena=cena=encenação pré-história, pousárá perto de um 
lago. E beijará o chão nu

04/04/2006 18:12



[jose carlos lima] [jose.carlos.lima@hotmail.com] [Goiânia - Rio Meia 
Ponte]
7. Quando se encerra este espaço=tempo 7? Quando se encerrar este dia de 
hoje as 24 horas. Se amanhã vou escrever no espaço=grade 8? Sim. E não tenho 
nenhuma obrigação. Posso deixar o espaço de amanhã em branco. Nos dias 
feriados obrigadoriamente ficarão em branco pois nao posso trabalhar em dia 
feriado=parado

04/04/2006 12:24



[jose carlos lima] [jose.carlos.lima@hotmail.com] [Goiânia - Rio Meia 
Ponte]
7. Um momento. Chegou uma mensagem no meu celular. É vivo falando dos 
prêmios do Dia da Mentira. Não seria o caso de se criar o dia da verdade? 
Pois o dia da verdade foi o dia do eclipse solar total=integral=perfeito. 
7777777777777777777777777777777777777777777777777777777777777777

04/04/2006 12:21



[jose carlos lima] [jose.carlos.lima@hotmail.com] [Goiânia - Rio Meia 
Ponte]
7. se não está na hora de acabar=encerrar o espaço=tempo 7? Sim. Tenho que 
sair para o cartão de ponto no relógio taylorista=escravista. Gostaria de 
continuar pintando=olhando=sendo o 7=set de filmagem. Poliedro. Poema de 7 
faces. Estas coisas. Nem sei o que é poema de 7 faces. Vi na Tv 
Culutra=cultura ondem um linguista falando da poesia de Carlos Drumont, um 
poliedro, disse ele. Gostei muito mas dormi logo. Antes eu havia visto um 
pastores roubando dinheiro dos fiéis com esta história de 
milagres=autosugestão. Ah, que dó. Me poupe ne. Se não acredito em milagres? 
Sim. Como este, quando escapei da morte por um triz. Quando uma bala de 
fuzil bate numa moeda que está no bolso da tua camisa=camisinha e impede a 
tua morte. Fora disso, tudo é picaretagem=roubalheira destes 
espertalhões=vendilhões=feirantes religiosos=políticos. Fora bando de 
ladrões!!!!

04/04/2006 12:18



[jose carlos lima] [jose.carlos.lima@hotmail.com] [Goiânia - Rio Meia 
Ponte]
7. Este é o versículo=capítulo 7. Dirão: ele pirou de vez. Voltou à estaca 
zero. Não interessa! Se eu quisesse começar o tempo=calendário hoje eu 
começaria. E como sou dono=portador do tempo, resolvi que o tempo começa a 
ser contado no dia do eclipse solar=lunar=terrestre=espírito=sexo=matéria 
total. Então hoje são 7 de marte. Quando nasci? Às 8:00 horas do dia 7 de 
janeiro de 1959, isto no velho calendário. Ainda não sei que dia é este na 
nova contagem=olhar=seição. Nem me interessa também por estes assuntos 
lógicos=cronológicos=numéricos. Pois hoje são 7 de marte de 666.666. No dia 
8 de abril=11 de marte, o spin cantor estará aqui=ali cantando=olhando=sendo 
quando entregarei esta obra magistral=magnífica inacabada. Vou com o 
Alencastro, spin amante, humano.

04/04/2006 12:12



Abraço=grato,

José Carlos Lima

Goiânia - Rio Meia Ponte

Fonte: www.uol.com.br/ blog do Fernando Rodrigues/ arquivo de 29/03/2006 a
01/04/2006, em comentários ao post "João Paulo Cunha: petista decide até
hoje à tarde se atrasa sua votação."

Responda com cancelar para cessar o recebimento

Nenhum comentário: